quarta-feira, 16 de julho de 2008



















Gira Dança encerra a noite de comemoração dos dez anos da Cia do Intercâmbio, realizado no dia 11 de julho na Casa da Ribeira, onde teve a renda revertida para as açãos do Espaço Gira Dança. Deixando os agradecimentos as toda galerinha do High School 2008 e em especial a toda equipe da Cia do Intercâmbio.

Equipe 10 Reunida



















Christiane Alecrim, Orlando Seabra, Daniele Medeiros e Manu Moura,
Equipe em comemoração aos dez anos da Cia do Intercâmbio.
O brilho nos olhos já dizem tudo! Parabéns para todos !

Uma Galerinha Muito Especial!



















Essa é a Turma de High School 2008 da Cia do Intercâmbio,
que deram um show de interpretação no palco da Casa da Ribeira,
na despedida para os pais, antes do embarque!!

terça-feira, 8 de julho de 2008
























Após 8 anos de reinauguração do Teatro Santa Isabel, o Gira Dança deixa seu registro de inauguração do camarim e de todas acessibilidades construída no Teatro que hoje é Patrimônio Histórico da Humanidade.







Preparação da companhia antes da apresentação do espetáculo Corpo Estranho, no Teatro Santa Isabel no dia 03 de julho de 2008, Recife/PE, na 6a. Mostra Brasileira de Dança do Recife.

Depoimento


















Tive o privilégio de ver a apresentação do grupo no Teatro Santa Isabel no Recife, confesso que foi demais. vocês estão de parabéns, muita gente se emovionou, inclusive eu. PARABÉNS PELO PROJETO.

Márcio Alexandre de Freitas
Recife/PE

domingo, 6 de julho de 2008

Gira amor

Gira o beijo ausente daquela ave que se foi,
gira a flor girando o sol que vai além,
gira, gerando a vida em carrossel de amor,
gira o mundo e com ele eu giro também.

Gira a ciranda embalando a infância sob o sol maior,
gira a criança na dança da fita que traz a lembrança,
gira o riso inocente nos lábios que sonham com beijo
girando a mente que eclodi em desejo e esperança.

Gira em mim a menina mulher clamando complacente,
gira em prece, ânsia, desejo, gira e dança sua história,
gira na busca e na espera, gira no beijo, gira em esfera,
gira amante menina poeta em rimas traçadas na memória.

Gira o mundo, gira a flor e gira a menina do beijo,
gira a vida em dança de fita, eterna ciranda gerando amor,
gira a mente, o riso inocente, gira a amante em rima poeta
gira cantando o amor que gira o sol seduzido pela flor.
Aisha